O Matuto do F

Essa é uma das minhas piadas favoritas e que adoro contá-la na roda de amigos por três motivos. Primeiro quase ninguém a conhece. Segundo eu criei algumas situações e adicionei mais palavras e terceiro por que ninguém a conta por ser grande e não conseguirem gravá-la.

O matuto entra num restaurante beira de estrada e chama o Garçom acenando com as mãos.
O Garçom chega e pergunta:
– O que deseja?
– Frango, Feijão, Farofa,  Fritas..
– Algum suco pra beber?
– Framboesa.
– Não temos esse sabor, alguma preferência por refrigerante ou guaraná?
– Fricote.

O Garçom achou o matuto muito estranho e depois de preparar seu pedido ele retornou e começou a puxar papo:

– O senhor está indo pra onde?
– Florianópolis
– Está vindo de onde?
– Fortaleza
– Qual seu nome?
– Francisco Fagundes Farias Filho
– Qual sua profissão?
– Ferreiro
– O que o senhor faz?
– Faca, Ferramentas, Ferradura, Ferrolho…
– Antes o senhor era o quê?
– Farmacêutico
– Qual o nome da farmácia?
– Farmácia Forte Fé.

O Garçom meio abestado foi contar tudo pro Grente que gostava de uma brincadeira. O Gerente se dirigi ao matuto e pergunta?

– Aceita um cafezinho?
– Faço Favor

Depois de tomar o cafezinho o matuto faz:
– Hummmmmmm….
– O Gerente pergunta? – O que achou do café?
– Frio Fraco
– E como o senhor gosta?
– Forte Fervendo

O Gerente sem paciência lhe diz:
– Meu amigo, se o senhor falar mais 10 palavras com F nunca mais pagará nenhum almoço aqui no restaurante por toda sua vida.

O matuto lhe respondeu:
– Foi Formidável, Fico Feliz, Ficando Fiado Ficarei Frequentemente Freguês…

Quando o matuto está saindo o Gerente grita…
– Eiiiii… está faltando uma.
– FUIIIIIIIIIII

Anúncios
por Ataliba Neto Postado em Humor

6 comentários em “O Matuto do F

  1. A piada pode ser ainda mais extensa.. Segue uma encontrada na net.

    O cara chega ao restaurante, senta-se e, acenando com o braço, diz:

    -Faz favor, firmeza, fineza fazer frango frito!

    -Pois não, com quê, cavalheiro?

    -Farofa, feijão e fritas.

    -Deseja beber alguma coisa?

    -Fanta.

    -Um pãozinho para esperar a refeição?

    -Faça fatiado.

    O garçom serve o cliente inconformado com o fato dele falar tudo com F, e volta depois que o sujeito termina a refeição.

    -Vai querer sobremesa?

    -Frutas frescas.

    -Tem alguma preferência?

    -Figo.

    Depois da sobremesa, ainda curioso, o garçom pergunta:

    -O senhor deseja um café?

    -Forte e fervido.

    Quando o sujeito termina o café, o garçom lhe faz algumas perguntas:

    -E então, como estava o cafezinho?

    -Frio, fraco, fedorento, fervido num filtro furado, formiguinhas flutuando no fundo e fazendo fofoca.

    Aí o garçom decide desafiá-lo a fim de testar até onde ele vai.

    -Qual é sua graça?

    -Felipe Florêncio Farias Filho.

    -De onde o senhor vem?

    -Fortaleza.

    -O senhor trabalha?

    -Fui ferreiro.

    -Deixou o serviço?

    -Fui forçado.

    -Por que?

    -Faltou ferro.

    -E o que o senhor fazia?

    -Ferrolho, ferradura, faca… ferragem.

    -O senhor torce por algum time?

    -Fui Flamengo.

    -E deixou de ser por que?

    -Fez feio.

    -Qual é o seu time agora?

    -Fortaleza.

    -O senhor é casado?

    -Fui.

    -E sua esposa?

    -Faleceu.

    -De que?

    -Frio e fome.

    O garçom perde a calma e diz:

    -Escute aqui, se você falar mais dez palavras com a letra F, pode se levantar e ir embora sem pagar a conta.

    -Foi formidável, figura. Fazendo fiado, fácil, fácil fico freguês!

    O homem levanta-se e sai andando, mas o garçom grita:

    -Ei, espere aí! Ainda falta uma palavra!

    O homem responde, sem se virar:

    -Felicidades!

  2. Cara muito maneiro, mas essa piada vem evoluindo a muito tempo,
    quando a li pela primeira vez eu era um garoto. li em um livro
    de portugues da escola na segunda série.
    Há uns 20 ano atrás.
    rsrsrs

  3. A piada tambem pode ser mais curta achei esta em outro site:

    Um cearense, chegando ao Rio de Janeiro, vai ao restaurante. E começa seu diálogo com a garçonete:
    “Faça o favor”.
    “O que deseja, senhor?”
    “Fineza fazer frango frito”.
    “Com quê?”
    “Farinha, feijão e farofa”.
    “Aceita pão?”
    “Faça fatias”.
    A garçonete fica curiosa.
    “Mais alguma coisa?”
    “Filé e fígado”.
    Terminando o almoço ela pergunta:
    “O café está bom?”
    “Frio e fraco”.
    “Como o senhor gosta?”
    “Forte e fervido”.
    “De onde o senhor é?”
    “Fortaleza”.
    “Como é o seu nome?”
    “Francisco Fagundes Ferreira”
    “O que o senhor faz na vida?”
    “Fui ferreiro”.
    “Deixou o emprego?”
    “Fui forçado”.
    “Por quê?”
    “Faltou ferro”.
    “O que fabricava?”
    “Ferrolho, ferradura, fechadura, ferragens…”
    “Se o senhor disser mais 6 palavras com a letra ‘F’ não paga”.
    “Foi formidável: fazendo fiado, fico freguês”.

    Mas a deste site tambem é muito legal

  4. eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu oooooooooooooooooooooooooooooooooooo ddddddddddddddddddddddddddddddddddddiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii tttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddddoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiissssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s